História da Oktoberfest

História da Oktoberfest – As origens em 1810

Em 12 de outubro de 1810, o Príncipe Herdeiro Luís, que sucessivamente tornou-se Rei Luís I, casou-se com a Princesa Teresa da Saxônia-Hildburghausen. Todos os cidadãos de Munique foram convidados para participar da festa nos campos em frente à porta da cidade, para comemorar o feliz evento real. Para honrar a Princesa, o gramado, desde então, foi denominado “Theresienwiese” (“gramado de Teresa”), abreviado “Wiesn”. A cerimônia de encerramento previa uma corrida de cavalos a ser realizada no Theresienwiese, uma verdadeira festa para toda a Baviera. No ano seguinte, a decisão de repetir as corridas de cavalo deu origem à tradição da Oktoberfest.

historische wiesn-1

É aqui que começa a história da Oktoberfest, celebração anual que desde então faz parte da vida de Munique e da Alemanha, como um evento fixo e pontual, exceto nos 24 casos nos quais não foi realizada por motivos de guerras ou de epidemias.

História da Oktoberfest – de 1811 a 1900

historische wiesn-2Em 1811, para promover a agricultura e a economia bávara, também foi organizada uma feira agrícola. A corrida de cavalos que tinha originado tudo não é mais realizada, sendo a última edição foi realizada em 1960, e a feira agrícola é realizada uma vez a cada quatro anos, na parte meridional da Wiesn. Em 1813, a celebração foi cancelada em razão da guerra contra Napoleão. Em 1818 aparece o primeiro carrossel e dois balanços. A partir de 1819, a população de Munique assumiu a responsabilidade pela organização da festa, fazendo com que se tornasse um evento anual. Sucessivamente, a duração da Oktoberfest foi aumentada e a data de início foi antecipada, para usufruir dos dias mais longos e mais quentes de Setembro.
A partir de 1850, a estátua da Bavária, construída por Baptist Stiglmaier e Ferdinand von Miller com projeto de Leo von Klenze e Ludwig Michael Schwanthaler, “vigia” a Oktoberfest. Em 1854, a Oktoberfest foi cancelada em razão de uma epidemia de cólera. Em 1866 a festa também foi cancelada, pois a Baviera combateu junto com Áustria na guerra contra a Prússia. Em 1873, a cólera voltou a atingir a população e, assim, a festa foi suspensa. Em 1885, a luz elétrica iluminou pela primeira vez as tendas da Oktoberfest. historische wiesn-1899A partir de 1887, foi retomada a tradição do desfile de abertura, como na primeira edição em 1810. A partir de então, a “Einzug der Festwirte und Brauereien“, guiada por Münchner Kindl, representa a cerimônia oficial de abertura. A partir de 1892, a cerveja é servida em canecas de vidro (Maß). A partir de 1896, graças ao dinamismo dos anfitriões, em colaboração com os produtores de cerveja, foram montados os primeiros grandes galpões, os quais substituíram as velhas barracas.

História da Oktoberfest – de 1900 aos dias de hoje

historische wiesn-3Em 1910, a Oktoberfest festejou o seu 100º aniversário com um consumo de cerca 120.000 litros de cerveja… um recorde para aquela época! Em 1913, foi fundada a Braurosl, a maior tenda com 12.000 lugares para sentar. De 1914 a 1918, a primeira guerra mundial impediu a realização da Oktoberfest. Em 1919 e 1920, somente foi celebrada uma “Festa de outono”. Em 1923 e 1924, a festa também não foi realizada em razão da inflação.

historische wiesn-4

Em 1933, a bandeira com a suástica substituiu a bandeira bávara branca e azul. Os anos de 1939 a 1945 são anos de guerra e a Oktoberfest foi mais uma vez deixada de lado. De 1946 a 1948, como nos anos seguintes à primeira guerra mundial, foi celebrada em Munique somente uma “Festa de outono”, com uma cerveja mais leve. Em 1950, foi introduzida a tradicional cerimônia de abertura do festival: “O ‘zapft is“. O primeiro prefeito a abrir o barril foi Thomas Wimmer.
historische wiesn-5Em 1960, foram encerradas as corridas de cavalos. Em 1960, a Oktoberfest se transformou em um enorme festival, muito próximo daquele que nós conhecemos.
A partir de 1970, as organizações locais gays organizaram “Os dias Gay”.
historische wiesn-6Em 26 de setembro de 1980, exatamente às 22:19, explodiu uma bomba em uma lixeira do banheiro perto da entrada principal. A bomba era constituída por um extintor vazio enchido com 1,39 kg de TNT. Treze pessoas faleceram, mais de 201 ficaram feridas, das quais 68 gravemente. Esse foi o segundo ataque terrorista mortal na história da Alemanha, após o massacre de Munique. A responsabilidade pelo atentado foi atribuída a Gundolf Köhler de Donaueschingen, um extremista de direita, morto durante o atentado, o qual teria agido sozinho. Porém, essa tese ainda deixa muitas dúvidas. Em 1984, os barris de metal foram recobertos e revestidos de madeira, para manter inalterada a eficiência e respeitar, ao mesmo tempo, a tradição. A partir de 2005, para tornar a Oktoberfest ainda mais acolhedora até para os idosos e para as famílias, a música até às 18:00 é limitada a 85 decibéis.

historische wiesn-smoke

A partir de 2008, a lei proibiu o fumo em todos os locais fechados abertos ao público. Em 2008, houve uma revogação para a Oktoberfest, mesmo não sendo permitida a venda de cigarro dentro dos galpões. Em 2009, a proibição do fumo na Baviera foi objeto de conflito nos debates políticos e, então, foram promulgadas outras revogações especiais para as tendas da Oktoberfest. No início de 2010, através de um referendo realizado na Baviera após uma iniciativa popular, foi restabelecida de maneira rigorosa a proibição do fumo de 2008.

historische wiesn-72010 foi o ano do 200º aniversário da Oktoberfest. Para a ocasião, no dia da abertura foi realizada a corrida de cavalos com trajes históricos. Na parte sul do Theresienwiese, foi realizada a “Historische Wiesn” (Oktoberfest histórica), na qual foi servida uma cerveja especial para a ocasião. Esse contexto deu aos visitantes a sensação de voltar no tempo e reviver a atmosfera dos séculos passados.

Visita Guiada de Munique

x

Informativa sui cookie

Questo sito o gli strumenti terzi da questo utilizzati si avvalgono di cookie necessari al funzionamento ed utili alle finalità illustrate nella cookie policy. Se vuoi saperne di più o negare il consenso a tutti o ad alcuni cookie, consulta la cookie policy.
Chiudendo questo banner, scorrendo questa pagina, cliccando su un link o proseguendo la navigazione in altra maniera, acconsenti all’uso dei cookie.